Esportes

Top Curiosidades Do karate Resumo

 

Nenhuma arte marcial é melhor do que outra e neste artigo você saberá Curiosidades Do karate em Resumo. Saiba que Todos têm seus próprios estilos e pontos fortes mas a principal diferença entre karatê e kung fu é que o karatê usa movimentos linear (o que é mais eficaz em prejudicar um oponente), enquanto o kung fu usa movimento circular (mais efetivo no bloqueio de um oponente).

 

Características do karatê

 

  O karatê é uma arte marcial japonesa popular que foi originalmente desenvolvida nas ilhas de Okinawa, Japão. Ele se concentra em kata, socos, ataques de cotovelos, ataques de joelhos e chutes. Muitas escolas de karatê também realizam treinamento de armas Kobudo .

 

 

  Karatê, que literalmente se traduz em mão vazia é uma arte marcial japonesa tradicional que ensina autodefesa.

 

O treinamento de karatê incorpora bloqueios, socos, golpes e chutes para se defender contra um oponente e através do treinamento do karatê os profissionais desenvolvem não só sua condição física e aprendem a autodefesa, mas também se esforçam para desenvolver seu caráter através da perseverança, integridade e autocontrole.

 

 

  O karatê não é um jogo de pontos, classes de peso ou demonstrações vistosas é uma arte marcial e um modo de vida que treina um praticante para ser pacífico; Mas se o conflito for inevitável, o karatê verdadeiro dita derrubar um adversário com um único golpe.

 

 

A faixa preta tem  níveis de dan  nomeados em ordem chamados de rokudan, nanadan, hachidan e kyuudan. Esses níveis de dan incluem a prática contínua de suas habilidades de arte marcial, bem como a prática dos princípios das artes marciais para o melhoramento da humanidade.

 

 

Esses princípios incluem sigilo, humildade do coração, cortesia em todos os assuntos, caridade em dar, alto caráter moral, martírio – ou sacrifício direcionado às causas certas – espírito invencível e certa vitória.

 

 

Em suma, chegar a  faixa-preta no nono nível pode levar até mais “40 anos de treinamento”  seguindo os princípios das artes marciais.

 

 

A Influência das artes marciais chinesas sobre o desenvolvimento do karaté: as Pechin não mantiveram registros escritos de suas técnicas de combate desarmadas, preferindo manter seus conhecimentos secretos e exclusivos. Por esta razão, exatamente como e quando as artes marciais chinesas se incorporaram ao karate continua a ser uma grande questão de interrogação na história do karatê.

 

 

Chojun Miyagi, fundador do estilo karate de Goju-ryu, criou a “Bíblia do karaté”  chamado Bubishi antes de 1879, porém os artistas marciais de Okinawa não documentaram suas próprias técnicas ou práticas.

 

A este respeito, é o único registro escrito histórico existente dos sistemas de combate que ajudaram a formar o karatê. A importância do Bubishi é inegável especialmente na criação de técnicas como Fujian White Crane.

 

 

Sabe-se que Kanbun Uechi, fundador do estilo Uechi-ryu, navegou para Fuzhou no final do século XIX. quando tinha apenas 19 anos – em parte para evitar o recrutamento militar japonês, em parte para estudar artes marciais chinesas.

 

 

Como muitos dos pioneiros do karatê ele finalmente começou a ensinar seu estilo no continente japonês e ele estava ajudando a popularizar a arte de combate que anteriormente era considerada estrangeira.

 

 

Treinar karate é muito bom por isso espero que este pequeno artigo tenha te motivado a começar,então sugiro que procure uma academia e um bom mestre pois irá te ajudar a evoluir rápido no karate.

 

 

Até mais

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *